14/05/2010

[Moda/Cinema] A relação entre moda e cinema.

A combinação entre moda e cinema já é de longa data. Os estilistas sempre tiveram forte presença no mundo cinematográfico, entre eles: Chanel, Givenchy, Valentino e Georgio Armani. Algumas musas também foram inspiração para o elo entre moda e cinema: Katharine Hepburn, Greta Garbo, Edie Sedgwick, Audrey Hepburn, entre outras belas.
Coco Chanel
Greta Garbo
Sandy Powell, a figurinista já faturou 3 Oscars
O C&O destacou alguns dos mais importantes nomes da combinação entre essas duas artes.
Audrey Hepburn e Givenchy
A extrema elegância sempre foi a principal marca das coleções de Hubert de Givenchy, um francês reconhecido mundialmente por seu trabalho coerente e requintado.
A atriz Audrey Hepburn (1929-1993) traduzia o ideal de glamour que Givenchy queria para as suas roupas. Era a mulher perfeita para vestir sua criação, impecavelmente bem proporcionadas.
Hubert de Givenchy
Audrey Hepburn
"Eu trabalho mais sobre modelos vivos do que manequins de madeira. Os manequins vivos são fonte de inspiração. Audrey Hepburn encarnou, para mim, um ideal feminino, por suas proporções e também por sua imagem". Afirmou o estilista.
O guarda-roupa criado por ele, que vestiu Hepburn, para os filmes "Bonequinha de Luxo" (1961), "Cinderela em Paris" (1957) e "Sabrina" (1954), se tornaram exemplo de sofisticação clássica, com seus vestidos pretos e formas limpas. Este último chegou a ganhar o Oscar de melhor figurino, que era assinado por Edith Head - a designer mais requintada de Hollywood na época - a qual não deu devido crédito a Givenchy pelo famoso vestido de baile, usado por Audrey no filme.
Audrey Hepburn "Bonequinha de Luxo"
Edith Head e Milena Canonero
A figurinista americana Edith Head já fez mais de 500 filmes, recebeu 35 indicações ao Oscar e levou 8 estatuetas. Além disso, Edith criou a peça mais cara de Hollywood, o vestido com calda que Ginger Rogers usou no musical "Lady in the Dark".
Edith Head foi a principal figurinista dos filmes do mestre do suspense, o cineasta Alfred Hitchcock, entre os anos 50 e 60. Fez: Janela Indiscreta, Um Corpo que Cai, Ladrão de Casaca e Os Pássaros.
Edith Head
Ginger Rogers "Lady in the Dark"
Alfred Hitchcock
A italiana Milena Canonero foi a responsável por criar alguns dos mais incríveis figurinos e faturou pelo menos 3 estatuetas com filmes como "Maria Antonieta", "Carruagens de Fogo" e "Berry Lyndon" de Stanley Kubrick, com quem trabalhou ainda em "O Iluminado" e "A Laranja Mecânica". Milena criou os famosos "uniformes" usados pela gangue dos Droogies no filme de Kubrick, que acabaram se tornando uma inspiração para os punk's no final da década de 70.
Milena Canonero
Droogies "A Laranja Mecânica"
Stanley Kubrick
Piero Tosi
Os estilistas Valentino e Georgio Armani fizeram várias homenagens em suas carreiras ao figurinista Piero Tosi que trabalhou com os grandes diretores do cinema italiano como Luchino Visconti, Federico Fellini e Píer Paolo Pasolini. Tosi foi responsável por criar incríveis figurinos de época, entre eles Medea (1969) de Pasolini e Satyricon (1969) de Fellini.
Visconti
Fellini
Pasolini
"Medea" de Pasolini
"Satyricon" de Fellini
Edie Sedgwick, "Factory Girl"
Atriz americana, socialite, modelo e herdeira. Ela é conhecida como uma das musas da Factory de Andy Warhol. O verdadeiro sinônimo de "It Girl", chegando a ser nomeada pela Vogue a "Youthquaker". Tornou-se conhecida como "The Girl of the Year" (1965) depois de estrelar vários curtas de Warhol".
Sofria de anorexia e vários outros distúrbios mentais. Envolveu-se com Bob Dylan, sendo inspiração para a música "Just Like a Woman". Também foi amante de Hell's Angels e Jim Morrison. Edie era viciada em heroína e morreu de overdose no ano de 1971.
Em 2006, foi retratada no cinema por Sienna Miller no filme "Factory Girl" de George Hickenklooper.
Edie e Andy Warhol
Edie Sedgwick
_________________________________________________________
É claro que isso não é tudo, mas se você quiser saber mais, eu achei um blog bem legal que você pode visitar - Moda e Cinema
Créditos: Zoom e Especial Moda Folha de SP.
Por: Mariah

8 comentários:

Thainá disse...

Amei o post
mto legal

CELESTE disse...

Maravilha de post, mas observem que não há nada atual. Não se faz mais nada como antigamente...eh, eh, eh!

Trashy Fame disse...

Coco Chanel sempre marcante neh ? *-*

Geovana Arruda disse...

Em um trabalho para história da moda, escolhi o cinema, falei justamente da parceria da Audrey com o Givenchy,uma afinidade que rendeu uma amizade entre eles e belos vestidos...O engraçado foi saber que nesse mesmo epoca Chanel foi levada a Hollywood e não fez tanto sucesso,diziam que seus figurinos eram simples...Para meu projeto final me inspirei nas cores da pop arte, tudo nas obras do Andy Warhol. Parabéns amei o post!!bjooooooooo

with a little help from my friends disse...

gente, adorei o post! mas a celeste chamou atenção para um detalhe interessante, e eu creio que há sim ótimos figurinos na atualidade, podiamos até fazer uma pesquisa! não sou nem um pouco boa com nomes mas de olho eu garanto!

bjooos post novo já sobre moda atual no cinema!

Thainá disse...

A Sandy Powell é do cinema atual

Myrian disse...

quêee perfeito esse post, mariaaaah *o*
bandinformação legal!! a-do-re-i muito!!!
amei tbm o blog que tu indicou! tudo perfa, tudo MARA! ^^

Priii disse...

Fofurinhas da minha vida quando meu telejornal de cinema estiver pronto mando pra vocês. Fizemos uma das reportagens no desfile do 2º nível do design de moda da upf com essa temática. Adoreiii
E MAriah ainda acho que tu deveria ser figurinista!