05/11/2009

[Efeméride] O Causo.

A mímese com o real é a virtude de uma grande mentira, por isso o poeta Mário Quintana costumava dizer que ela é uma verdade que se esqueceu de acontecer. O que dizer quando a própria história da qual se vale a mentira parece um absurdo? A maioria das pessoas prevê que ela seria convincente.
É justamente na contra mão desse senso comum que a melhor das mentiras foi contada. Orson Welles tinha 23 anos e trabalhava na CBS, rádio americana da cidade de Nova Jersey. Em 1938, reproduziu, em seu programa, uma invasão de marcianos. Interrompeu uma música para anunciar aos ouvintes que um meteoro de grandes dimensões caiu em Grovers Hill, a algumas milhas de Nova York. A música voltou e novamente foi interrompida para a entrevista com um professor de meterologia. Em seguida entrou no ar um repórter falando sobre o ocorrido. Então, o enviado especial começou a descrever o meteoro se abrindo e dele saindo seres gigantescos com tentáculos. De repente, ele foi morto por um raio disparado pelos seres extraterrestres.
Ruídos na rádio foram seguidos de uma locução sobre os invasores do planeta Marte em batalha com a polícia. O conflito estava atingindo outras áreas. Mortes foram anunciadas. Foi narrado, então, o inicio da invasão a Nova York. Um gás mortífero estava no ar e atingiu até mesmo os prédios mais altos. O locutor foi também vitimado e caiu morto. Logo a transmissão chegou ao fim. Depois de poucos segundos, o locutor disse: "Vocês acabaram de ouvir a primeira parte de uma irradiação de Orson Welles, que radiofonizou A guerra dos mundos, do famoso escritor inglês H.G. Wells".
Enquanto isso, em Nova York e em outras regiões próximas, quartéis de bombeiros, postos policiais, hospitais, redações de jornais foram invadidos por multidões. Na cidade mais próxima ao local da batalha, Newmark, 50 mil pessoas fugiram de suas casas em busca de abrigos. Em várias outras cidades, pessoas se jogaram de janelas, pegaram em armas, sairam histéricas nas ruas.
O que faz da mentira de Orson uma das mais geniais é o fato de não só ter sido muito bem contada, como ainda ter partido de premissa tão absurda.

Jana

2 comentários:

Thainá disse...

muito bem contada! hahaha
adorei *-*

Jean disse...

Excelente gurias!

Esse post foi muito power!
Orson realmente é fantástico, infelizmente assisti Cidadão Kane até a metade mas nunca vou me esquecer da frase:

You provide the prose poems, I will provide the war!

Arrisco dizer que ele foi meio Gonzo no episódio que acabaram de contar, mas isso é relativo.

Quanto a mentira deixo a resposta de Guillermo a minha pergunta:

La mentira es una forma suprema de llegar a la verdad